Home Novidades Notícias Corporativas Brasil é 11º país no ranking de mulheres na liderança

Brasil é 11º país no ranking de mulheres na liderança

Atualmente, as mulheres ocupam 37% dos cargos de liderança sênior das empresas no Brasil, de acordo com a 20ª edição do estudo Women in Business: Pathways to Parity, divulgado recentemente pela Grant Thornton. A empresa global de consultoria elencou os países que mais se destacam nessa estrutura e o Brasil ficou atrás de países como África do Sul (2ª posição), Espanha (6ª) e França (9ª) e à frente do México (12ª), Irlanda (13ª) e Estados Unidos (16ª).

O ranking é liderado pelas Filipinas, seguido por África do Sul e Tailândia. Embora este ano tenha apresentado um aumento na porcentagem de cargos de liderança ocupados por mulheres a nível global, o Brasil recuou cerca de 2% em comparação com o último levantamento, em 2023. 

O estudo avalia que mudanças culturais e legislativas ajudaram no progresso para a equidade de gênero, e todos os 18 países avaliados nos últimos 20 anos registraram progressos – uns mais do que outros. O Japão é o último colocado da lista, no entanto, o País mais do que duplicou a sua porcentagem, de 8% em 2004 para 19% em 2024. Embora abaixo do valor de referência global da Grant Thornton, ao longo das últimas duas décadas, algumas medidas significativas para aumentar a força de trabalho feminina foram introduzidas, como um apoio maior do governo para cuidados infantis e melhores políticas de licença-maternidade.

Para a sócia de Auditoria da Grant Thornton, Élica Martins, o caminho para o Brasil alcançar melhores resultados nos próximos anos é consolidar medidas não somente para mulheres atingirem os cargos de liderança, mas para mantê-las à frente dessas funções. “É fundamental contar com a adesão da alta administração, que deve contemplar mulheres como representantes, e definir maneiras de mensurar e garantir estratégias de diversidade e inclusão, para que não fique somente no discurso”, completa.

Sobre a Grant Thornton 



A Grant Thornton é uma das maiores empresas globais de auditoria, consultoria e tributos. Está presente em mais de 147 países e conta com mais de 68.000 colaboradores. No Brasil, está posicionada nos 16 principais centros de negócios do país, contando com mais de 1.700 pessoas, atendendo empresas nas mais variadas etapas de crescimento, desde startups a companhias abertas. Com uma forma de trabalho customizada, auxilia empresas dinâmicas a atingirem seus potenciais de crescimento de forma sustentável, gerando a melhor proposta de valor para o negócio por meio de recomendações significativas, voltadas para o futuro. 

Informações para a imprensa

SmartPR – gt@smartpr.com.br

Brasil é 11º país no ranking de mulheres na liderança



Previous articleMinistério das Cidades e IPGC firmam acordo de cooperação
Next articleBrasil sediará evento global de ESG e sustentabilidade