Home Novidades Notícias Corporativas CEO enfatiza influência do comportamento humano nas empresas

CEO enfatiza influência do comportamento humano nas empresas

Empresas que curam é uma premissa que traz benefícios não apenas para a empresa, mas também para o Capital Humano, uma vez que começa-se a viver a trilha verde da ecologia humana, tão difundida pela Etalent, empresa de gestão do comportamento. Este foi o tema da palestra realizada no evento HSM+, onde o CEO Jorge Matos elucidou como é fundamental o alinhamento de cargo e comportamento, e como não é fácil encontrar o profissional mais adequado para cada posição, ressaltando a importância de se criar um ambiente saudável de trabalho. O conceito de People Centric, ou “foco em pessoas”, é uma estratégia que vem sendo adotada em muitas empresas como forma de alcançar resultados mais significativos. Após a popularização de movimentos como o RH 5.0, organizações buscam outras formas de manter seu Capital Humano motivado, engajado e satisfeito ao desempenhar suas funções. 

A teoria parte do princípio de que o sentimento de reconhecimento, pertencimento, boa estrutura em relação ao ambiente de trabalho, boas relações interpessoais com os colegas e até a adequação do perfil comportamental com o cargo são fatores que impactam diretamente nos resultados. Quando estes tópicos estão devidamente alinhados, os colaboradores sentem-se mais felizes e realizados com o trabalho, tornando-se mais produtivos, criativos, engajados, o que ajuda a criar o sentimento de pertencimento ainda maior. Considerando que o trabalho ocupa a maior parte da vida de um adulto, essa abordagem também é uma estratégia eficiente para reduzir o desgaste físico e mental.

“Da mesma forma, quando um profissional não se sente valorizado, faz parte de uma empresa com cultura organizacional tóxica, não sente confiança nos colegas e ainda tem que lidar com a pressão por resultados, a tendência é que, rapidamente, ele seja tomado por um sentimento de infelicidade. A consequência direta é que o rendimento cai, bem como a produtividade”, explica Jorge Matos. Em casos mais graves, isso pode levar a distúrbios psicossomáticos, como o burnout, a depressão e a ansiedade. Sob essas circunstâncias, o ato de trabalhar já se torna um desafio diário.

Por fim, o CEO da ETALENT enfatizou como o entendimento do comportamento humano é um dos maiores geradores de alta performance e resultados, além de prevenir o desenvolvimento de doenças relacionadas à saúde mental. Em matéria publicada na revista HSM, de acordo com estudo do Gallup, empresas com funcionários felizes têm um índice 50% menor em acidentes de trabalho. Além disso, trabalhadores que se sentem realizados geram mais produtividade, colaboração, criatividade e inovação. Uma pesquisa realizada pela Harvard Business Review mostra que a felicidade impacta diretamente a produtividade, a eficiência e a inovação de uma empresa, revelando que colaboradores satisfeitos são 31% mais produtivos, 85% mais eficientes e 300% mais inovadores.



“De acordo com a Ecologia Humana, quando fazemos coisas que são naturais para nós, estamos no caminho da trilha verde. Na prática, isso significa que nossos melhores desempenhos serão atingidos com mais facilidade em cargos que estejam alinhados aos nossos talentos”, comenta Jorge. 

E, com o intuito de promover cada vez mais alinhamento entre profissionais e suas atividades laborais, estão abertas as inscrições para a turma do Essentia – Formação DISC ETALENT, que é um programa imersivo em gestão comportamental. ESSENTIA ensina a aplicar a análise comportamental em todos os processos da Gestão de Pessoas, desde a Atração de talentos até o fim da Jornada do Colaborador. 

A próxima turma começa no dia 9 de janeiro, com aulas online via webinar. Para saber mais informações, basta acessar: https://conteudo.etalent.com.br/curso-disc-essentia

CEO enfatiza influência do comportamento humano nas empresas



Previous articleAlterações orais ajudam no diagnóstico precoce do HIV
Next articleConsumo de frutas e cereais ajuda a higiene bucal nas férias