Home Novidades Notícias Corporativas Design autoral tem crescimento registrado nos últimos anos

Design autoral tem crescimento registrado nos últimos anos

Sinônimo de exclusividade, o designer autoral é fundamentado na criação de produtos autênticos e repletos de significados, ou seja, são peças que possuem história, muita pesquisa e investimento, uma vez que são assinadas por profissionais referência da área.  Na competitividade do mercado atual, o design autoral torna-se um diferencial para as marcas e um grande atrativo para o público em busca por identidade.

De acordo com os dados divulgados pela Abedesign, “Associação Brasileira de Empresas de Design”, nos últimos quatro anos, o mercado de itens de design tem crescido cada vez mais no Brasil. Segundo a entidade, em 2019 o setor faturou cerca de R$ 14,5 bilhões; em 2020.

Mas como explicar esse crescimento expressivo nos últimos anos? Segundo Bruno Simões, Curador-Geral oficial do Brasil para a ApexBrasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, são muitos os aspectos que podem ser destacados, mas um em especial é o mais relevante, a nossa relação histórica com a madeira. “Desde a exploração criminosa do período colonial (e seu reflexo alarmante até os dias de hoje) nosso design se conectou a essa matéria prima, justamente o que levou o design moderno brasileiro a extinguir o Jacarandá da Bahia”, finaliza Simões. 

“O mercado está aquecido nos últimos anos e exportamos nossa linha de mobiliários assinados para países como EUA, Equador, Porto Rico, Uruguai, República Dominicana, Peru, Paraguai e África do Sul”, contextualiza Thayse Freiberger,  diretora de marketing da Bell’Arte, localizado em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, grupo de marcas que desde 1997 acredita na força do design assinado. 

Ainda de acordo com Abedesign, em 2022, o setor movimentou R$ 17,8 bilhões, um valor 8,2% maior que o do ano anterior. De acordo com a previsão de um estudo realizado pela KPMG, organização global que presta serviços de auditoria e consultoria, o mercado de itens de design deve crescer a uma taxa média de 8% ao ano até 2025, quando seu faturamento deverá chegar a R$ 22,5 bilhões.



Para Marcelo Felmanas, sócio-proprietário da 6F Decorações, uma das principais importadoras do segmento moveleiro brasileiro, tal crescimento se deve ao fato de o consumidor de alta decoração estar sempre em busca de exclusividade, de peças únicas. “Além disso, cada vez mais empresas e consumidores estão reconhecendo a importância do design nacional e valorizando os produtos criados por designers brasileiros”, pontua.

Com repertório voltado exclusivamente para o design brasileiro, a  empresa Moldd.br, tem crescido consideravelmente nos últimos anos. “Desenvolvemos um critério rigoroso na seleção dos designers e suas criações, uma vez que a essência da empresa está em evidenciar o design brasileiro”, explica Lourinaldo Mestre, fundador e curador da Moldd.br.  

Em outubro 2022, a Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel) divulgou o relatório Conjuntura e Comércio Externo do Setor de Móveis. Com intuito de examinar mensalmente os percentuais do segmento, a entidade indicou que o consumo aparente de móveis e colchões, no país, foi de 33,1 milhões de peças. O valor representa um aumento de 7% quando comparado a setembro do mesmo ano.

Estima-se que, em 2021, os mais de 255 mil empregos diretos, em mais de 18 mil empresas, geraram uma produção estimada de R$ 78,1 bilhões. Nesse contexto, o segmento tem se destacado como um grande contribuinte para a economia do país. 

De acordo com Maurício Lamosa, designer e fundador do studiobola o segredo está em investir em um trabalho isento de modismos e tendências, com uma pesquisa rigorosa de proporções e acabamentos que confere às criações resultados atemporais.

Bell’Arte

Site: https://www.bellarte.com.br/

Instagram: bellarteoficial

 

6F Decorações

https://www.6f.com.br/

estudiobola
www.estudiobola.com 

Moldd.br

https://moldd.com.br/

@moldd.br

Design autoral tem crescimento registrado nos últimos anos



Previous articlePista de arrancada tem recordes no melhor ano da categoria
Next articleFestas de fim de ano exigem cuidado especial com saúde