Home Novidades Notícias Corporativas Estudo mostra principais tendências de marketing para 2024

Estudo mostra principais tendências de marketing para 2024

Anualmente, os executivos de marketing procuram indícios das tendências que vão nortear seu trabalho naquele período e além. Em resposta a essas questões, a LLYC, consultoria global de Corporate Affairs e Marketing, apresenta o relatório ‘Forecast Marketing 2024: Conectar-se em uma era de mudanças constantes‘. O documento analisa os desafios do setor, desde as transformações no trabalho até o impacto resultante no mercado e nos consumidores.

O relatório, elaborado pela equipe global de Marketing da LLYC, especializada em soluções abrangentes que abordam branding, paid media, dados, tecnologia, customer experience e publicidade criativa, apresenta três macrotendências inter-relacionadas: a proliferação da inteligência artificial (IA), evidenciando a dualidade na percepção dos consumidores; a estratégia de multipersonalização para diversos stakeholders, empregando IA para uma abordagem profundamente contextualizada; e a necessidade de responsabilidade ética no uso da IA, diante de crescentes preocupações sociais e regulatórias. 

Além disso, explora a transição do atendimento ao cliente e vendas com assistentes virtuais baseados em IA, as potenciais transformações trazidas pela Web3 e a crescente autenticidade das interações geradas por IA. O estudo também ressalta a transformação dos consumidores, destacando a importância da sustentabilidade, diversidade e inclusão, especialmente para a Geração Z. Outra discussão trazida pelo estudo são as mudanças no cenário digital, desde a ascensão do áudio até a evolução do first-party data, destacando desafios como a mudança nos cookies e a importância contínua do SEO. Somadas essas análises e tendências, forma-se uma visão abrangente das tendências e desafios de marketing em 2024. 

Em visita ao Brasil, o diretor global de Estratégia de Inovação da LLYC, Ibo Sanz, e um dos autores do relatório, falou sobre o Forecast Marketing 2024 e outros temas relacionados. “O fim dos cookies vai transformar a forma em que os profissionais de marketing gerenciam e promovem suas atividades. Com o fim dos cookies, a volta aos fundamentos, o conhecimento do cliente e uma visão holística da atividade mercadológica serão imprescindíveis”, destaca. Para ele, a IA se converte em uma ferramenta fundamental em todas as fases: a investigação (que tudo é mais relevante para nossos públicos), a geração de experiências através do uso de IA Generativa, ou a medição da eficácia das campanhas através de de modelos de modelagem de mix de marketing. 

Também à frente da LLYC Venturing, o executivo veio ao Brasil para fortalecer sua presença na América Latina e no Brasil e apresentar esta iniciativa de corporate venture da LLYC destinada a apoiar o ecossistema empreendedor com o investimento em startups em fase inicial nos setores da comunicação, marketing relações públicas. A empresa tem a meta de investir de 3 a 5 startups por ano, apoiando as startups com um acompanhamento estratégico e comercial que lhes permite incluir os seus produtos e serviços na proposta de valor da LLYC. “Investir em startups permite que empresas de comunicação como a LLYC acessem as últimas tendências do mercado, pois estas empresas estão na vanguarda da inovação e podem oferecer soluções inovadoras para os desafios da comunicação. Além da oportunidade de ter acesso a novos talentos e criar oportunidades de colaboração, levando a novos produtos, serviços e modelos de negócios”.



Ibo conclui que a era da informação exige que as empresas repensem suas estratégias de comunicação e marketing. “Se quisermos inovar, precisamos abrir portas e janelas e deixar que o mundo nos surpreenda com novas formas de fazer as coisas. Por isso, desde a LLYC, criamos uma iniciativa de aventura que nos permite estar em contato constante com pessoas de visões distintas do mundo, do marketing e da comunicação que nos permite manter-nos ágeis e adaptáveis. E acreditamos que as empresas devem potencializar uma mentalidade aberta: testar, falhar, mudar e para isso é fundamental ter uma base sólida em capacidades de análise e tratamento de dados.

Estudo mostra principais tendências de marketing para 2024



Previous articleNewmont e Project C.U.R.E. – Duas décadas de parceria fornecendo suporte médico global
Next articleBrasil sobe no ranking de liberdade do consumidor de energia