Home Novidades Notícias Corporativas Golpe de falsos advogados em aplicativos se multiplica

Golpe de falsos advogados em aplicativos se multiplica

Esquema criminoso envolvendo falsos advogados se multiplica em todo país. Não é de hoje que inúmeras tentativas de golpe são aplicadas em diversas áreas de atuação, sendo o ramo da advocacia um dos que mais têm sofrido ataques. De acordo com o Tribunal Federal da 3ª Região (TRF3), há casos em que os criminosos se passam como membros dos escritórios de advocacia e afirmam ser necessária a realização de depósito bancário, referente a supostas certidões negativas ou custas processuais, como condição para a efetiva liberação de crédito em nome do credor. 

Da mesma forma, o Tribunal Federal da 3ª Região (TRF3) alerta os jurisdicionados para as tentativas de golpe no recebimento de precatórios, emitidos a clientes de advogados que atuam em processos da Justiça Federal. No golpe dos precatórios, a ação dos criminosos é muito semelhante. Segundo denúncias, os estelionatários apresentam documentos, via WhatsApp, assinados supostamente por advogados, procuradores, desembargadores e servidores do Poder Judiciário, em que informam a liberação antecipada do valor do precatório, mediante o depósito de quantia para pagamento de custas, via Pix. Porém, nenhum valor é cobrado pelos Tribunais de Justiça para a liberação das parcelas e nem tão pouco para o pagamento do saldo do precatório. 

De acordo com Bady Curi, advogado fundador do escritório Bady Curi Advocacia Empresarial, “os golpistas agora foram além. Estão falsificando alvarás do poder judiciário e pedindo dinheiro de custas para a liberação do dinheiro. Fizeram isso com o meu escritório que fica em Belo Horizonte”.

Bady Curi, diz ainda: “Meu escritório já tomou providências denunciando essa tentativa de golpe junto à Corregedoria de Justiça, Ministério Público e Poder Judiciário de Minas Gerais”. 

No mesmo sentido, de acordo com Suzana Cremasco, advogada sócia e fundadora do escritório Suzana Cremasco Advocacia, em Belo Horizonte, o seu escritório também foi alvo de golpe no final de fevereiro. “Enviaram uma mensagem de um número falso, com o nome e a foto da minha secretária, solicitando que se fizesse contato comigo, em número também falso, pois haveria “uma liberação prevista para hoje, em caráter de urgência”, explica. Ainda segundo Suzana, “quando o cliente fazia contato com o número falso, era enviado um documento com timbre do Poder Judiciário para ‘comprovar’ a suposta liberação e para a qual se pedia pagamentos”. 



“É um golpe extremamente bem pensado, mas que tem o padrão de sempre solicitar algum pagamento com a promessa de que haveria um recebimento de valor superior”, ressalta Suzana Cremasco. E complementa: “Nós registramos boletim de ocorrência, levamos a questão ao Tribunal e à OAB. E a orientação para a população é de sempre ficar atenta a qualquer solicitação, buscar contato com o profissional no número de recorrência dele e, caso eventualmente caia no golpe, procurar a polícia e registrar um boletim de ocorrência.”

 

Bady Curi Advocacia Empresarial

O escritório localizado em Belo Horizonte (MG), presta assessoria e serviços comprometidos com os resultados. Com foco em direito empresarial faz com que as suas ações sejam prestadas.  O trabalho do Bady Curi Advocacia Empresarial também consiste em prevenção, ajudando à empresa evitar processos e custos desnecessários.

 

Suzana Cremasco Advocacia

Gestão estratégica de conflitos é um dos principais diferenciais do escritório Suzana Cremasco Advocacia, boutique de solução de disputas. Fundado em Belo Horizonte, em 2017, pela advogada e professora Suzana Cremasco, o escritório é especializado no tratamento adequado de litígios, notadamente com o uso de arbitragem, mediação e contencioso judicial estratégico. Suzana Cremasco Advocacia, tem também como propósito resolver as disputas dos seus clientes,  com atendimento, uso de soluções e técnica para cada tipo de questão apresentada.

Golpe de falsos advogados em aplicativos se multiplica



Previous articleSEO pode ser aprimorado com inteligência artificial
Next articleEspecialista explica impacto do projeto de lei na Itália