Home Novidades Notícias Corporativas Número de corretores imobiliários cresce e supera 630 mil

Número de corretores imobiliários cresce e supera 630 mil

O Brasil chegou, em março de 2024, a mais de 630 mil corretores imobiliários e 70 mil imobiliárias. Um aumento de cerca de 23% e 6%, respectivamente, em comparação com um ano atrás, segundo dados extraídos do Conselho Federal de Corretores de Imóveis (Cofeci).

Além disso, há previsões positivas para os próximos meses: um boletim econômico da Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC), por exemplo, aponta a consolidação do novo Minha Casa, Minha Vida, a redução da taxa de juros e o aumento de lançamentos como razões para o otimismo.

No entanto, o atual cenário também traz desafios. “O crescimento expressivo, destacado pelos dados recentes, sinaliza não apenas uma recuperação pós-pandemia, mas também uma transformação na forma como as imobiliárias devem abordar suas estratégias de vendas para se manterem competitivas”, explica Thiago Marçal, co-fundador e CEO da Praedium, empresa especializada em soluções tecnológicas para o mercado imobiliário.

Segundo ele, imobiliárias que adotam processos comerciais bem definidos se destacam em um mercado extremamente competitivo. “O Volume Geral de Vendas (VGV) dessas empresas é extremamente superior quando comparado com o das imobiliárias que não estão preparadas”, exemplifica.

Um dos pontos essenciais é o script de vendas, diz Paola Santoro, cofundadora e diretora comercial da Praedium. Isto é, o corretor ter um roteiro de como abordar o cliente, antecipar e quebrar objeções, saber de que maneira acompanhar cada etapa (da primeira conversa à assinatura do contrato), entre outros.



“Playbooks de vendas, scripts e o uso de sistemas de CRM [Gestão de Relacionamento com o Cliente, na tradução da sigla para o português] podem transformar o atendimento e aumentar as taxas de conversão”, afirma Santoro. 

Seja por telefone, whatsapp, e-mail ou pessoalmente, deve-se evitar ao máximo os improvisos ao lidar com o público. “Para um atendimento mais rápido e eficiente, é importante ter mensagens padronizadas, para a equipe de corretores, de acordo com cada etapa que o cliente percorre no funil”, recomenda a especialista.

Softwares e plataformas

Marçal destaca ainda o papel da tecnologia, esclarecendo que existe uma combinação de softwares e plataformas que fazem grande diferença nos resultados e na produtividade.

“O avanço das soluções tecnológicas no mercado imobiliário não é apenas uma tendência, é uma revolução na forma como conduzimos negócios. Estas ferramentas não só buscam otimizar os processos de venda, aluguel e gerenciamento de imóveis, mas também redefinir a experiência de compra e venda, tornando-a mais ágil, transparente e acessível”, diz.

Criação de anúncios personalizados, captação de leads (o contato de uma pessoa interessada), uso de assistentes virtuais, desenvolvimento de sites, automação de processos repetitivos são algumas das possibilidades oferecidas por diferentes aplicativos e programas.

Para saber mais, basta acessar: https://praedium.com.br/

Número de corretores imobiliários cresce e supera 630 mil



Previous articleMercado de estética atinge valor de US$ 127 bilhões no mundo
Next articleERP: empresa de automação investe em planejamento em 2024