Home Novidades Notícias Corporativas Perícia Grafotécnica gera oportunidades de emprego

Perícia Grafotécnica gera oportunidades de emprego

A Lei nº 13.105/2015 regula o processo judicial em todas as áreas. Conhecida como Código de Processo Civil (CPC), ela estabelece que a prova pericial, como a documentoscópica, é uma das modalidades de prova admitidas no processo judicial e que a nomeação do perito judicial deve observar critérios de imparcialidade, competência e idoneidade.

Em um mundo cada vez mais vulnerável a fraudes, a Perícia Grafotécnica, por exemplo, surge como uma área disponível para mais ofertas de emprego, dando novos caminhos para aqueles que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho. Ela se dedica a desvendar mistérios escondidos em documentos, assinaturas e escritas, desempenhando um papel crucial na justiça e na luta contra atividades ilícitas.

A Grafotécnica é um dos pilares da Perícia Documentoscópica e foca na autenticidade da escrita, especialmente em assinaturas, desvendando falsidades ideológicas e fraudes. Apesar de sua função e do lugar onde é exercida, essa área não requer formação em Direito, somente o ensino médio completo para a maioria dos tribunais. Conforme explica o Prof. Dr. Gleibe Pretti, especialista da Jus Expert, “A chave para ingressar nesse campo é um curso qualificado e um certificado reconhecido nos Tribunais de Justiça. Uma vez qualificado, você estará apto a contribuir em casos judiciais importantes”.

No Brasil, a circulação de documentos falsos e tentativas de fraude atinge mais de 16 milhões de documentos falsos e 2,8 mil tentativas de fraude por minuto. Esses números destacam a importância e a relevância crescente da profissão e por este motivo, a necessidade de peritos grafotécnicos está em ascensão.

A história de perita Iracema Santos, aluna da Jus Expert, ilustra o impacto transformador que a Perícia Judicial Grafotécnica pode ter na vida de quem busca uma nova carreira. Iracema, que foi da incerteza ao sucesso na perícia grafotécnica, ressalta a relevância e o potencial desta profissão como uma oportunidade viável e lucrativa para aqueles que buscam uma nova direção em suas carreiras, especialmente em tempos de dificuldades econômicas.



Desempregada por cinco anos, Iracema encontrou na perícia uma luz no fim do túnel em um momento de luto e dificuldade. Sem a necessidade de concursos públicos, apenas com a qualificação fornecida pelo curso da Jus Expert, ela conseguiu dar um salto impressionante em sua vida profissional.

Atualmente, Iracema possui 185 nomeações na área, e já tem a capacidade de elaborar um laudo pericial em apenas um dia de trabalho. Para analisar uma única assinatura, por exemplo, os juízes arbitram honorários de cerca de 2.000 reais para Iracema, exemplificando a eficiência e o potencial de ganho na profissão. “A perícia ampliou meus horizontes nos estudos e na busca pelo profissionalismo, ajudando a justiça a fazer justiça”, diz a profissional, destacando a satisfação que encontrou neste campo.

Sua jornada é um exemplo notável de como a perícia pode mudar vidas. Respeitada nos fóruns e empresas, agora chamada de Doutora, Iracema executa seu trabalho de forma 100% remota, incluindo nomeações de juízes de outros estados, graças ao avanço da tecnologia e à flexibilidade da profissão. Curiosamente, ela não tinha conhecimento prévio de perícia ou contato com fóruns, mostrando que a área é acessível mesmo para quem vem de diferentes contextos e sem qualquer experiência.

Para quem precisa de uma nova direção profissional, a Perícia Grafotécnica representa uma oportunidade nova de entrar em um campo dinâmico e em constante evolução, onde as habilidades podem fazer a diferença na busca pela verdade e justiça.

Perícia Grafotécnica gera oportunidades de emprego



Previous articleGulf Oil International Limited consolida subsidiária no Brasil
Next articlePrêmio Não Aceito Corrupção visa fortalecer a luta anticorrupção no país