Home Novidades Notícias Corporativas Veganuary: movimento incentiva práticas veganas em janeiro

Veganuary: movimento incentiva práticas veganas em janeiro

Janeiro é o mês em que muitos reavivam suas resoluções e abraçam novos desafios. Uma tendência crescente que ganhou força nos últimos anos é o Veganuary, um movimento que encoraja pessoas ao redor do mundo a experimentarem o veganismo durante o mês de janeiro e tem ganho cada vez mais adeptos em todo o mundo 

O Veganuary começou como um desafio pessoal em 2014 e tornou-se um fenômeno internacional, atraindo milhões de participantes a cada ano. Por meio de campanhas educativas e de conscientização, o Veganuary visa mostrar como pequenas mudanças podem ter um impacto positivo significativo no bem-estar dos animais, no meio ambiente e na saúde humana.  

O objetivo não é apenas desafiar as pessoas a experimentarem uma dieta baseada em plantas por 31 dias, eliminando produtos de origem animal de suas refeições, mas também explorar os benefícios para a saúde e para o meio ambiente ao optar por refeições à base de vegetais. Durante o mês de janeiro, milhões de pessoas se comprometem a adotar uma alimentação vegana, descobrindo novos alimentos, receitas e marcas que oferecem opções livres de ingredientes de origem animal. 

E Skala Cosméticos é um dos exemplos de marcas do setor de beleza que promove os ideiais do veganismo ao longo de todo o ano, reconhecendo a importância de escolhas éticas e sustentáveis na indústria de cuidados pessoais. Desde julho de 2018, a empresa assumiu uma posição firme ao tornar-se 100% vegana e cruelty-free por meio do processo de vegetalização, que consiste na substituição de ingredientes de origem animal por alternativas de fontes vegetais.  



Esta transformação significativa foi um marco na indústria de cosméticos, proporcionando produtos feitos exclusivamente à base de ingredientes de origem vegetal. Dentre as mudanças adotadas, Skala substituiu o leite de cabra por leite de coco, queratina animal por milho, soja e trigo, proteína do ovo por semente de amaranto e amido de milho, ceramida animal por óleo de amêndoas, milho, semente de algodão, girassol, trigo e abacate, colágeno animal por extrato de alga e goma de Caesalpinia Spinosa (árvore) e glicerina animal por soja e coco. 

Para Bruna Veneziano, Diretora de Marketing de Skala Cosméticos, ‘’Skala busca promover um estilo de vida mais ético, sustentável e livre de crueldade animal para todos que desejam aderir ao veganismo tenham acesso facilitado à produtos veganos de qualidade e com bom preço. Pensamos na importância de escolhas éticas e sustentáveis, não apenas na alimentação, mas também na indústria de cuidados pessoais e tudo o que engloba o que pode ter um impacto positivo significativo no planeta e na vida de cada indivíduo’’. 

 Com uma variedade diversificada de produtos, Skala oferece opções que atendem às necessidades de diferentes tipos de cabelo, mantendo o compromisso com ingredientes naturais e veganos. A marca reforça que beleza e bem-estar andam de mãos dadas com a consciência ambiental e ética e busca proporcionar produtos de qualidade sem comprometer seus valores fundamentais. 

 

Sobre a Skala Cosméticos

Skala é conhecida pela comercialização de cremes de tratamento para cabelo em embalagens de um quilo. Atualmente, a marca exporta para mais de 40 países ao redor do mundo.

Consciente de sua responsabilidade social e ambiental, e que tais hábitos e atitudes melhoram a qualidade de vida, ajudando também a humanidade e o planeta, desde julho de 2018 a Skala se tornou uma marca 100% vegana, cruelty free e que utiliza ingredientes de origem vegetal.

 

Veganuary: movimento incentiva práticas veganas em janeiro



Previous articleHotmart anuncia aquisição e avança em soluções de IA
Next articlePesquisa é usada para alertar médicos sobre cuidados com a saúde mental