Home Novidades Notícias Corporativas Combater a gordofobia é objetivo de manual para comunicação

Combater a gordofobia é objetivo de manual para comunicação

Com o objetivo de conscientizar, combater a gordofobia e desmistificar preconceitos relacionados à obesidade na comunicação, a Associação Crônicos do Dia a Dia (CDD), com o apoio do Painel Brasileiro da Obesidade (PBO), lança o manual “Falar sobre Obesidade não precisa ser um peso – Como Comunicar Sobre Obesidade”, direcionado a comunicadores, profissionais da saúde e pessoas interessadas em praticar uma comunicação empática e antigordofóbica.

A obesidade é uma doença crônica complexa e persistente, definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como acúmulo aumentado de gordura no corpo. Possui origem multifatorial que afeta diferentes dimensões da vida da pessoa que convive com a condição: biológica, social, cultural, comportamental, de saúde pública e política. Segundo dados publicados em 2021, a prevalência da obesidade triplicou desde 1975 mundialmente, mais de 650 milhões de pessoas no mundo têm obesidade. No Brasil, 26,8% da população adulta convive com a obesidade e 60,3% dos adultos apresentam sobrepeso – o que representa 96 milhões de brasileiros.

Além disso, as pessoas que convivem com a obesidade enfrentam não apenas as complicações e desafios decorrentes da própria condição, mas também sofrem com a gordofobia e o preconceito. Aproximadamente 85,3% das pessoas com obesidade no Brasil já passaram por situações de gordofobia e 61,5% desses casos acontecem em consulta médica. “Tais estatísticas nos mostram o quão urgente é combater a gordofobia em todas as suas formas. É essencial perceber que a obesidade é uma condição multifatorial que requer uma abordagem mais humanizada. Devemos criar um ambiente inclusivo e respeitoso, onde a comunicação empática seja valorizada”, comenta Giulia Gamba, gerente de comunicação da CDD.

O manual aborda diversos tópicos essenciais, incluindo a abordagem da obesidade como uma doença crônica complexa e persistente causada por diversos fatores, a discussão sobre os termos adequados para proteger as pessoas com obesidade e combater a estigmatização, a promoção de hábitos saudáveis para além do peso, a identificação e combate da gordofobia, a importância da empatia na comunicação sobre obesidade, bem como a ênfase em uma linguagem inclusiva e respeitosa. 

“Nossa expectativa é que esse material atinja o maior número de pessoas possível. É uma tentativa de mudar alguns termos para enxergar o que deveria ser óbvio e, assim, proteger vidas que vinham sendo destruídas. Precisamos nos unir e trabalhar coletivamente para substituir o julgamento pela compreensão, e o estigma pela empatia e compaixão”, enfatiza Erick Cuzziol, nutricionista, consultor da CDD e coautor do manual.



 

Sobre a CDD

A associação Crônicos do Dia a Dia – www.cdd.org.br – é uma organização sem fins lucrativos. Desde 2018, tem como missão apoiar todo o potencial humano para ampliar as perspectivas das pessoas que convivem com condições crônicas de doença.  A partir dos pilares de trabalho de responsabilidade social, qualidade de vida, políticas públicas, pesquisa e informação, desenvolve projetos e campanhas para fortalecer o diagnóstico precoce, conscientizar sobre sintomas, políticas públicas, tratamentos e vivências com os

Combater a gordofobia é objetivo de manual para comunicação



Previous articleMulher: Cetrel reforça seu compromisso com políticas de equidade de gênero
Next articleAllow Asset Management cria a Allow Real Estate