Home Novidades Notícias Corporativas Satisfação com a situação financeira na indústria avança

Satisfação com a situação financeira na indústria avança

Segundo relatório divulgado pelo Portal da Indústria na publicação Sondagem Indústria da Construção, publicado em dezembro de 2023, o indicador de satisfação com a situação financeira apresentou um avanço de 0,8 ponto em relação ao terceiro trimestre, atingindo 50,3 pontos. Esse movimento, segundo o estudo, indica uma percepção relativa de melhora entre os empresários do setor, ficando 3,8 pontos acima da média dos quartos trimestres da série histórica. Contudo, o relatório informa que mesmo com essa evolução, a satisfação continua em um nível que sugere cautela.

A publicação também forneceu dados sobre o índice de satisfação com a margem de lucro, informando que o número da métrica chegou em 45,6 pontos no último trimestre de 2023 e segundo relatório, permanecendo estável em comparação com o trimestre anterior. O documento ainda afirma que apesar de estar 2,9 pontos acima da média histórica para os quartos trimestres, o indicador permanece abaixo de 50 pontos, indicando insatisfação persistente com a margem de lucro.

Com relação aos dados sobre alta de preços de insumos e matérias primas, o índice subiu 2,2 pontos em relação ao trimestre anterior, atingindo 61,8 pontos. Além disso, o relatório aponta dados sobre o indicador de facilidade de acesso ao crédito, que embora tenha avançado 0,4 ponto, permanece distante da linha de 50 pontos. Esse dado, segundo a publicação, evidencia a persistência da dificuldade de acesso a recursos financeiros por parte dos empresários da construção.

José Antônio Valente, diretor da empresa de franquia de construção civil Trans Obra, afirmou que o relatório divulgado pelo Portal da Indústria proporciona uma visão detalhada, que serve de parâmetro para decisão de negócios na construção, sobre o real cenário financeiro enfrentado pelos empresários do setor no último trimestre de 2023 e que pode ser evidenciado pelos valores das métricas relacionadas pelos índices de satisfação com a situação financeira, margem de lucro, alta de preços de insumos e acesso ao crédito. “Enquanto há sinais de melhora percebidos pelos empresários, os desafios persistentes, como a insatisfação com a margem de lucro e a dificuldade de acesso ao crédito, demandam atenção estratégica contínua para garantir a sustentabilidade e a competitividade no ambiente econômico desafiador”.

Ainda sobre o relatório divulgado, e que pode ser analisado através do link informado no início da matéria, é possível observar que o principal obstáculo, conforme apontado por 27,1% dos empresários, foi novamente o cenário de taxas de juros elevadas. Segundo o relatório, essa preocupação persiste há oito trimestres consecutivos, mantendo-se como a maior dificuldade enfrentada pelos profissionais da construção. O documento ainda considera que, embora tenha permanecido na primeira posição do ranking, o problema apresentou uma redução no percentual de assinalações pelo segundo trimestre consecutivo. Na transição do terceiro para o quarto trimestre de 2023, houve uma queda de 5,6 pontos percentuais, conforme pode ser verificado no estudo. Além disso, o relatório aponta que a carga tributária elevada aparece como o segundo maior problema, com 24,1% de assinalações.



Satisfação com a situação financeira na indústria avança



Previous articleEducação: Grupo Primo e Jovens de Negócios trazem novo sócio
Next articleInscrições para o Prêmio Ser Humano 2024 seguem até o dia 29/02