Home CORPORATE Transformação Digital Dimension Data lança área global focada em Internet das Coisas

Dimension Data lança área global focada em Internet das Coisas



Atenta às oportunidades geradas pelo mercado de Internet das Coisas (IoT), que segundo o instituto de pesquisas Gartner deve chegar a 1,6 bilhão de dispositivos conectados globalmente ainda este ano, a Dimension Data, multinacional focada em serviços de tecnologia da informação e provedora de soluções de planejamento, suporte e gerenciamento de infraestrutura de TI, acaba de anunciar o lançamento da Business Unit Digital, que visa atender às necessidades de diversos setores em todo o mundo, inclusive no Brasil, em relação à digitalização de dados e à conexão de inúmeros dispositivos à web.

A nova área atua em parceria com grandes desenvolvedoras de tecnologia, como a Cisco, da qual a Dimension Data é a principal parceira global, e é formada por times de especialistas espalhados pelos cinco continentes onde a empresa tem presença. “Nossos profissionais possuem as certificações necessárias para apoiar os clientes a não só conectar dispositivos à rede e com outros aparelhos, mas também prestar serviços de análise de informações e monitoria de todo o sistema de forma proativa. Assim, eles podem ter todo o suporte necessário para entender o imenso volume de dados que serão gerados pela IoT, garantindo que seus sistemas continuarão funcionando a todo vapor”, explica Augusto Panachão, cloud and solution Director da Dimension Data no Brasil.

A Dimension Data mantém centros de monitoria por todo o mundo, com capacidade de prover serviços gerenciados para manter os sistemas de IoT funcionando 24 horas por dia, sete dias por semana, durante o ano todo. Essa característica possibilita complementar as ferramentas de digitalização de fabricantes parceiros, além de oferecer um ambiente de nuvem integrado para armazenar e processar as informações coletadas ao longo de uma cadeia produtiva, de maneira escalonável e dinâmica. “Essa disponibilidade de espaço e de análise de grande volume de dados é fundamental para o funcionamento pleno dos sistemas que movem as companhias”, afirma Panachão.



Segundo ele, a partir da digitalização, os setores corporativo e industrial podem buscar maior eficiência e redução de custos, especialmente nas áreas de produção (chão de fábrica e processos de montagem de grandes estruturas (prédios, aviões, embarcações, etc.), siderurgia, geração e distribuição de energia, e finanças. “A digitalização permite automatizar processos antes realizados manualmente, obter mais informações desses processos para geração de novas oportunidades e visualizar todos os procedimentos realizados em tempo real. A implantação da IoT ainda reduz os custos com mão de obra e gera mais rendimento aos negócios por meio da agilidade e da confiabilidade das informações adquiridas por meio da automatização”, diz o executivo.

Negócio primordial
Augusto Panachão ressalta que, “as infraestruturas de IoT são muito complexas por envolver uma quantidade enorme de fornecedores, diferentes soluções e por acarretar em funções que extrapolam os serviços das equipes tradicionais de TI. Acompanhar em tempo real cada processo realizado pelos sistemas de TI nesse caso é primordial para manter tudo funcionando como se deve, pois, cada dispositivo conectado depende de outros para dar continuidade aos processos de coleta e análise das informações. Se um aparelho tiver mau funcionamento ou parar, toda a estrutura sofrerá impactos, podendo parar totalmente”.

Como grande exemplo da sua capacidade de aplicação das tecnologias e processos de digitalização, a Dimension Data firmou em 2015 uma parceria com a Amaury Sport Organisation (ASO), organizadora do Tour de France, uma das competições de ciclismo mais disputadas em todo o mundo, para fazer o acompanhamento em tempo real de todos os 198 atletas que participaram da corrida.

Utilizando sensores (wearables, rastreadores e câmeras da própria organização, entre outros) e a estrutura global de Cloud Computing da Dimension Data, somado ao poder de análise de dados dos servidores da integradora de TI espalhados pelos cinco continentes, as equipes de corrida e o mundo puderam acompanhar de perto a performance dos ciclistas por meio de um portal que reunia todas as informações de desempenho (quilômetros percorridos, batimentos cardíacos, etc) dos atletas. Foi a primeira vez que a TI foi aplicada dessa forma em um circuito profissional de corrida de bicicletas.

“O projeto Tour de France é o maior exemplo em relação ao uso dos processos e ferramentas de coleta, armazenamento, análise e entrega de dados que compõem a digitalização. Conseguimos colocar em prática todos os procedimentos em relação ao conceito de integração e troca de dados entre diferentes dispositivos conectados, e podemos dizer com toda a certeza que já estamos na era da Internet das Coisas”, afirma Panachão.

No Brasil, a Dimension Data já possui projetos em andamento em empresas dos setores de energia, óleo e gás, automotivo, mídias e bancos. Como parte da estratégia de negócios, os especialistas em digitalização da Dimension Data focam nos segmentos que estão apresentando maior demanda para conhecer a fundo suas necessidades e desafios. “Trabalhamos para ser mais do que um prestador de serviços, queremos fazer parte das transformações que ocorrem nos negócios como um parceiro confiável e altamente especializado”, finaliza o executivo.

Acesse os outros sites da VideoPress

Portal Vida Moderna – www.vidamoderna.com.br

Radar Nacional – www.radarnacional.com.br



Previous articleO pensamento criativo e a transformação digital
Next articleRobô faz manifestação política e é preso pela polícia em Moscou. E você se lembrará dele